Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Mostra Diretoras no Cinema Contemporâneo

8 março, 2018 a 18 março, 2018

R$10

A Mostra busca levar ao público o conhecimento e causar admiração aos filmes dirigidos por diretoras do cinema contemporâneo, a partir dos anos 2000. Na noite de abertura da mostra, dia 08/03, será realizada uma homenagem a atriz Carmem Santos, uma pobre imigrante portuguesa que nascida em 1904 e que mudou-se para o Brasil com apenas oito anos idade, onde se torna uma sedutora estrela e influente produtora de cinema.

A primeira sessão da mostra traz Que Horas Ela Volta?, um dos filmes brasileiros mais premiados da década, vencedor de prêmios nos prestigiados Festival de Berlim e Festival de Sundance, estrelado por Regina Casé e dirigido por Anna Muylaert. Seguindo a trilha de premiações, uma dos grandes destaques das exibições é A Hora Mais Escura, que registra a década de caçada dos EUA em busca de Osama bin Laden. O longa, dirigido pela única diretora a vencer o Oscar de melhor direção (Kathryn Bigelow), teve cinco indicações ao Oscar – tendo vencido um – e conquistou o troféu de melhor atriz no Globo de Ouro (Jessica Chestain). Outra produção premiadíssima é o drama Encontros e Desencontros, de Sofia Coppola, que coloca Bill Murray e Scarlett Johansson vivendo a solidão em um país – o Japão – onde ninguém fala a língua deles. A película levou pra casa o Oscar de melhor roteiro original, um troféu no Festival de Veneza e três prêmios no Globo de Ouro. Também serão exibidos os badalados Selma: Uma Luta Pela Igualdade (vencedor de um Oscar e um Globo de Ouro), Alguém Tem Que Ceder (indicado ao Oscar de melhor atriz e vencedor do Globo de Ouro de melhor atriz), Precisamos Falar Sobre o Kevin (indicado ao Globo de Ouro e à Palma de Ouro do Festival de Cannes) e Psicopata Americano. Por fim, a mostra se encerra com Mulher Maravilha, de Patty Jenkins, que marcou o cinema por trazer, pela primeira vez na história, uma protagonista mulher à frente de um filme de super-herói.

 

INFORMAÇÕES
Endereço: Cineramabc Arthouse / Rua São Paulo 581-1 / Bairro dos Estados / Balneário Camboriú
Ingresso: R$ 10,00 ou R$ 5,00 (meia) a venda na bilheteria do cinema
Bilheteria: de quinta a domingo das 16:00 as 22:00
Atenção: Ingresso para cadeirante somente na bilheteria


OS FILMES

 

Mulher Maravilha, de Patty Jenkins (Aventura – 141 minutos – 12 anos – 2017 – EUA)

Dia 18/03 às 16:00

Sinopse: Treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível, Diana Prince (Gal Gadot) nunca saiu da paradisíaca ilha em que é reconhecida como princesa das Amazonas. Quando o piloto Steve Trevor (Chris Pine) se acidenta e cai numa praia do local, ela descobre que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e decide deixar seu lar certa de que pode parar o conflito. Lutando para acabar com todas as lutas, Diana percebe o alcance de seus poderes e sua verdadeira missão na Terra.

 

 

 

 

 

Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert (Drama – 112 minutos – 12 anos – 2015 – Brasil)

Dia 08/03 às 16:30

Sinopse: A pernambucana Val (Regina Casé) se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho, morando integralmente na casa de seus patrões. Treze anos depois, quando o menino (Michel Joelsas) vai prestar vestibular, Jéssica (Camila Márdila) lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.

 

 

 

 

 

Selma – Uma Luta Pela Igualdade, de Ava DuVernay (Drama – 128 minutos – 14 anos – 2014 – EUA/Reino Unido/França)

Dia 16/03 às 16:30

Sinopse: Cinebiografia do pastor protestante e ativista social Martin Luther King, Jr (David Oyelowo), que acompanha as históricas marchas realizadas por ele e manifestantes pacifistas em 1965, entre a cidade de Selma, no interior do Alabama, até a capital do estado, Montgomery, em busca de direitos eleitorais iguais para a comunidade afro-americana.

 

 

 

 

 

 

A Hora Mais Escura, de Kathryn Bigelow (Drama – 157 minutos – 14 anos – 2012 – EUA)

Dia 11/03 às 16:00

Sinopse: Os ataques terroristas sofridos pelos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001 deram início a uma época de medo e paranoia do povo americano em relação ao inimigo, onde todos os esforços foram realizados na busca pelo líder da Al Qaeda, Osama Bin Laden. Maya (Jessica Chastain) é uma agente da CIA que está por trás dos principais esforços em capturar Laden, por ter descoberto os interlocutores do líder do grupo terrorista. Com isso ela participa da operação que levou militares americanos a invadir o território paquistanês, com o objetivo de capturar e matar Bin Laden.

 

 

 

 

 

Precisamos Falar Sobre o Kevin, de Lynne Ramsay (Drama/Suspense – 112 minutos – 16 anos – 2011 – EUA/Reino Unido)

Dia 15/03 às 16:30

Sinopse: Eva (Tilda Swinton) mora sozinha e teve sua casa e carro pintados de vermelho. Maltratada nas ruas, ela tenta recomeçar a vida com um novo emprego e vive temorosa, evitando as pessoas. O motivo desta situação vem de seu passado, da época em que era casada com Franklin (John C. Reilly), com quem teve dois filhos: Kevin (Jasper Newell/Ezra Miller) e Lucy (Ursula Parker). Seu relacionamento com o primogênito, Kevin, sempre foi complicado, desde quando ele era bebê. Com o tempo a situação foi se agravando mas, mesmo conhecendo o filho muito bem, Eva jamais imaginaria do que ele seria capaz de fazer.

 

 

 

 

 

Encontros e Desencontros, de Sofia Coppola (Drama – 102 minutos – 14 anos – 2003 – EUA/Japão)

Dia 17/03 às 16:30

Sinopse: Bob Harris (Bill Murray) é uma estrela de cinema, que está em Tóquio para fazer um comercial de uísque. Charlotte (Scarlett Johansson), por sua vez, está na cidade acompanhando seu marido, um fotógrafo workaholic (Giovanni Ribisi) que a deixa sozinha o tempo todo. Sofrendo com o horário, Bob e Charlotte não conseguem dormir. Eles se encontram, por acaso, no bar de um hotel de luxo, e em pouco tempo tornam-se grandes amigos.

 

 

 

 

 

 

Alguém Tem Que Ceder, de Nancy Meyers (Comédia Romântica – 128 minutos – 14 anos – 2003 – EUA)

Dia 09/03 às 16:30

Sinopse: Harry Sanborn (Jack Nicholson) é um executivo que trabalha no ramo da música e que namora Marin (Amanda Peet), que tem idade para ser sua filha. Harry e Marin decidem ir até a casa de praia da mãe dela, Erica (Diane Keaton), para visitá-la. Lá Harry sofre uma parada cardíaca, ficando sob os cuidados de Erica e de Julian (Keanu Reeves), um jovem médico local. Aos poucos Harry percebe que está se interessando cada vez mais por Erica, mas tenta esconder seus sentimentos. Julian também sente atração por ela, tornando-se um rival de Harry.

 

 

 

 

 

Psicopata Americano, de Mary Harron (Suspense – 102 minutos – 18 anos – 2000 – EUA)

Dia 10/03 às 16:30

Sinopse: Patrick Bateman (Christian Bale) jovem, branco, bonito e sem nada que o diferencie de seus colegas de Wall Street. Protegido pela conformidade, privilégio e riqueza, Bateman também um serial killer, que vaga livremente e sem receios em busca de uma nova vítima. Seus impulsos assassinos são abastecidos por um zeloso materialismo e uma inveja torturante quando ele encontra alguém que possui mais do que ele. Após um colega dar-lhe um cartão de visitas melhor que o seu em tinta e papel, a sede de sangue de Bateman surge e ele aumenta ainda mais suas atividades homicidas, tornando-se um perigoso e violento psicopata.

 

 

 


 

MAIS SOBRE CARMEM SANTOS

A trajetória da Carmem Santos marca um momento de transformação do cinema brasileiro – do período silencioso. Além disto, retrata o difícil embate entre a nova mentalidade de independência feminina e a persistência dos padrões sociais estabelecidos, e o surgimento de novas possibilidades de atuação da mulher na sociedade brasileira, num contexto de profundas transformações sociais e políticas que marcaram o país entre as décadas de 1920 e 1940.

Em 1919 é selecionada, dentre outras dezenas de jovens, para ser protagonista da primeira produção da Omega Filme. Abre-se a possibilidade para tornar uma estrela do incipiente cinema silencioso brasileiro.

Desde o início, Carmen não se deixa restringir ao papel de musa sedutora, e se engaja na construção de uma ativa carreira cinematográfica. Por mais de 30 anos, ela atuaria diretamente na realização de seus filmes, escolhendo projetos, contratando diretores, produzindo, estrelando, dirigindo companhias e até mesmo um filme.

Carmen atuou em oito longas metragens. Quatro desses filmes são do período silencioso –– Urutau (1919), de William Jansen; Sangue mineiro (1929), de Humberto Mauro; Limite (1931), de Mário Peixoto e Onde a terra acaba (1933), de Octávio Gabus Mendes. Já na fase sonora, ela atuou e produziu três filmes dirigidos por Humberto Mauro – Favela dos meus amores (1935), Cidade mulher (1936), Argila (1940); e protagonizou, produziu e dirigiu Inconfidência Mineira (1948).

A perda irremediável da maioria desses filmes impossibilita a avaliação atual de sua carreira, com seus fracassos e sucessos, para além das considerações de seus contemporâneos. De sua presença no cinema, somente cópias de Sangue Mineiro (1929), Limite (1931) e Argila (1940) sobreviveram até os nossos dias.

Contudo, por intermédio de farto material publicitário e jornalístico sobre suas iniciativas, divulgados em revistas e jornais, é possível resgatar muito dessa peculiar trajetória. Carmem criou na década de 1920 a Film Artístico Brasileiro (FAB), onde produziu inúmeros dos seus filmes mudos, e em 1934, criou o estúdio Brasil Vita Filme para produção de filmes sonoros e a companhia se consagra como uma das principais produtoras de cinema do país.

Baseado nas informações e texto de Ana Pessoa, doutora em comunicação e pesquisadora da Casa Rui Barbosa.

Compartilhar

Detalhes

Início:
8 março, 2018
Final:
18 março, 2018
Preço:
R$10
Website:
www.arthousebc.com

Local

Arthouse
Rua São Paulo 581
Balneário Camboriú, Santa Catarina 88339-025 Brasil
+ Google Map
Telefone:
+55 47 2125 9021
Website:
www.arthousebc.com